sexta-feira, 16 de agosto de 2013

A Bruxelas que nem todo turista vê é a cidade dos detalhes!

Nome: Bruxelas/Brussels
País: Bélgica/Belgium
Língua Oficial: Alemão, Francês, Neerlandês
Moeda: Euro


Sumário da viagem:

A Bruxelas que nem todo turista vê é a cidade dos detalhes!
Quem tem boca...
O Papa é pop e a pizza dele também!

Como vão os passageiros do Expresso Londres? Espero que bem. Ah, eu também estou 'ok' já que uma gripe/dor de garganta me persegue desde a Polônia, mas fora isso tudo certo. Foram 22 longos dias de muita surpresa, animação e disposição - não tanta disposição já nos últimos. Mas o importante é que tentei salvar tudo de bom e interessante pra poder compartilhar aqui no blog da melhor maneira possível, e é por isso que hoje eu vou mudar um pouco do formato do post para ficar mais acessível àqueles que também usam como alguma forma de base pra planejar suas viagens, então tentarei deixar tudo mais dividido e organizado.

Chegando de Ryanair em uma cidade vizinha à Bruxelas chamada Charleroi

Nem preciso repetir o quão fã de Ryanair eu sou, principalmente depois da primeira eurotrip onde quase todos os voos custaram 10 euros. Pra pegar a passagem de avião mais barata saí de Manchester, e cheguei lá em Bruxelas por volta de 10:50. Até passar completamente pela imigração e chegar até o lado de fora da estação já haviam passados preciosos minutos, sabe porquê? Quando o horário vai se aproximando da meia noite os serviços de trem e ônibus vão acabando, e pra não ficar refém de táxi tem que correr. O aeroporto estava simplesmente um caos, era gente de todo o lado chegando e mais um tanto de gente esperando outras pessoas chegarem. Foi nessa bagunça que perdi tempo procurando o shuttle - shuttle geralmente é um ônibus que te leva de um canto ao outro, nesse caso do aeroporto pro centro de Bruxelas. Quando eu finalmente achei esse danado tinha uma fila enorme, e depois de uma confusão que eu não consegui entrar no primeiro ônibus que lotou antes, corri pro próximo e consegui entrar amém. Nessa brincadeira, já era quase meia noite. 

Dica! Como eu fui burro e não comprei pela internet antes tive que pagar 17 euros na hora pelo shuttle que me levaria do aeroporto em Charleroi até a estação Bruxellles-Midi, mas eu poderia fazer o booking antes nesse site (http://www.brussels-city-shuttle.com/#/). Se mesmo assim você for deixar pra comprar na hora, note que não haverão apenas máquinas eletrônicas, mas também à uma atendente no balcão e lá a fila anda mais rápida.

Na estação Bruxelles-Midi

Eu cheguei tarde da noite, após o shuttle que eu estava conseguir quebrar uma janela no ônibus, assustando eu e o resto dos passageiros assim que entendemos que não era um saco de bolas de gude caindo no chão, e sim uma vidraça. Calma que isso foi só quando ele estava estacionando, no caso aproveitei a distração e desci logo do ônibus. Repetindo, como era tarde da noite não tinha mais metrô funcionando claro, o jeito foi pegar um táxi sabendo que ia ser cobrado uma fortuna, certo? Pior que não, o taxista falou que ia ser entre 10 e 15 euros e realmente foi, e pra completar tinha teto solar no táxi. Pena que era de dia :/

Hostel em Bruxelas

Eu fiquei no Youth Hostel Van Gogh (Chab) e foi bem tranquilo. O hostel é extremamente agradável e o café da manhã é sensacional. A localização também é boa e os banheiros também. Fiz o booking pelo hostel world.

Roteiro em Bruxelas

Bruxelas é conhecida entre outras coisas por ter um dos melhores chocolates do mundo, mas eu fui embora de lá sem passar em nenhuma loja ou supermercado pra comprar nem uma barra, porque todo dia no café da manhã do hostel tinha uma tigela de chocolate derretido esperando por mim :) Quando vi pela primeira vez a tigela fiquei tentando entender, porque geralmente só tem geleia e esse tipo de coisa, mas era chocolate e muito bom. Saciava minha vontade de doce todo dia logo cedo.

Depois dessa maravilha, fui pro Free Walking Tour do Sanderman's que cobriu Grand Place/Grote Markt, Manneken Pis, Beurs/Borse, Waranderpark/Parc de Bruxelles, Koninkljk Paleis/Palais Royal e Mont des Arts/Kunsteberg. Acho que consegui lembrar de tudo. Primeiro gostaria de chamar atenção pros nomes. Tudo lá tem dois nomes, duas placas porque eles oscilam entre francês e alemão por uma questão histórica não muito bem entendida em minha cabeça, mas a questão é que tem lugar que é mais conhecido por um nome do que pelo outro. A capital em si fala prioritariamente francês então é mais fácil perguntar pelo nome dos lugares em francês, mas eles provavelmente devem conhecer pelos dois nomes. Só cuidado pra não se confundir com nomes de ruas ou de estação que também tem variações em francês e alemão.

Dica! Procurem no hostel por um mapa chamado Use it! Ele é excelente. Caso queiram dar uma olhada, aqui tem as imagens dele na frente e no verso. Daqui a pouco vocês vão entender a beleza desse mapa.

Grand Place/Grote Markt

Essa praça fica bem no coração de Bruxelas e é dita por alguns como a praça mais bonita da Europa. A Unesco já tratou de proteger o sítio e proibir qualquer tipo de mudança nas fachadas dos prédios. O que um dia foi um feira de uma cidade comum transformou-se numa linda praça com vários prédios representativos. A praça é linda de dia e de noite, cabe a vocês decidir a melhor, ou não.




Cactus importados da Paraíba :3




Manneken Pis

Essa estátua de um menino fazendo xixi teoricamente é famosa, mas eu particularmente nunca havia ouvido falar antes de ir pra Bruxelas, claro. É decepcionante ver uma coisinha tão minúscula numa esquina de uma rua qualquer, mas enfim, todos os turistas passam e tiram fotos, porque né... Apesar de todas as lendas que cercam a concepção da estátua, o verdadeiro motivo de ele estar aí é porque era um ponto de encontro dos pobres que iam vender xixi '-' É gente, tá pensando o que? Xixi vale um dinheiro danado, quer dizer não deve ser caro porque todo mundo tem pra oferecer... O guia falou que ainda existia uma feira onde o pessoal vendia xixi mas não me arrisquei a ir não. Para os mais aventureiros, tem uma versão feminina dessa estátua chamada Jeanneke Pis que fica, segundo o google, na Rue de Bouchers.


Koninkljk Paleis/Palais Royal

Outra paradinha no Palácio Real. Eu, desinformado, achava que o meu querido Reino Unido era um dos poucos países do mundo que ainda tinha esse negócio de Rei e Rainha, mas para minha surpresa outros países também adotaram o sistema de Monarquia Constitucional. Segundo o tio Wikipédia: "Uma monarquia constitucional ou monarquia parlamentarista é um sistema político que reconhece um monarca eleito ou hereditário como chefe do Estado, mas em que há uma constituição (série de leis fundamentais) que limita os poderes do monarca." Você que ficou curioso pode ver a lista de países que adotam esse tipo de sistema aqui

Se você for observador e olhar a foto aqui embaixo vai sentir falta de uma coisa que não foi retirada por photoshop: a bandeira da Bélgica no topo do palácio. Bem, recentemente a Bélgica trocou de monarca, então até que toda a parte burocrática seja cumprida, o palácio vai ficar sem uma bandeira, coitado. :/


Mont des Arts/Kunsteberg

Meu lugar preferido de Bruxelas foi esse. Por não estar prestando atenção quando o guia estava falando e tirando fotos ao invés, eu não faço ideia o que rolou aqui, porém acho que o lugar fala por si só. Se de dia já era fenomenal, quando chegou a noite só me restou descansar um pouco nos degraus da escada, admirar a vista enquanto um saxofonista completava o clima do lugar com "Garota de Ipanema".


Relógio escondido ao lado. Fenomenal, não?
Aí eu pego essa foto e faço o que? Ponho numa moldura e penduro no meu quarto. Obrigado.
Culinária Belga

Nem só de pão vive o homem não é mesmo? Estava na hora de fazer uma boquinha e como eu sou muito do bem, vou repassar o local maravilhoso que o guia nos indicou. Eu não sei o nome do lugar, mas sei mais ou menos onde fica. Se vocês se interessarem, abram o google maps nesse link aqui e se localizem. Entrando nessa ruela é o primeiro à direita. Só são vendidos produtos locais da Bélgica lá, inclusive refrigerante :3 Tem um semelhante a Sprite que é tão bom quanto caro. 

Em cima um Carbonate‬ que é carne cozida com um molho feito de cerveja. Embaixo um Waterzooi‬ que significa uma bagunça de água e acho que dá pra ver porque. Era um frango num molho cremoso. Ambos os pratos eram acompanhados de purê de batatas e eram deliciosos. Os pratos custam em torno de 10 euros. Eu recomendo fortemente.


Além do chocolate já comentando no começo do post, a Bélgica é conhecida por mais 3 especiarias são elas a Cerveja, Batata-Frita e Waffles. Como eu não sou de beber cerveja, e nem sou chegado no Waffles, só posso opinar da batata-frita. Eu não senti tanta diferença não, pra ser franco. E eles costumam comer a batata-frita 'pura' sem nenhum acompanhamento, e assim não achei graça. A melhor opção é pedir a batata-frita com molhos e comer com algum side dish. No mapa do Use It tem marcado milhares de lugares onde vendem batata-frita.

Tem batata-frita até estilo Hannibal Lecter.

Palais de Justice

Com muito tempo sobrando no dia, fomos descendo no ring enquanto os turistas iam sumindo, até chegar no Palácio da Justiça. E não é que o danado estava de reforma? Mas enfim, valeu a aventura de subir num elevador que eu achava que ia cair a qualquer momento - esses elevadores-prestes-a-cair só se multiplicam.


Eu tô de modelo aqui embaixo estragando essa linda vista de lá do Palácio. Atentem pra foto e vejam do lado direito, assim que acaba a Igreja, o Atomium. E logo no começo do lado esquerdo tem a Basilique de Koekelberg - Basilica of the Sacred Heart - Basilique Nationale du Sacré-Coeur. São duas belas atrações que ficam afastadas do centro e eu reservei pro segundo dia de viagem.


Hallepoort/Porte de Hal

Já que eu tava pertinho do fim do ring, porque não ir logo até o final? Fui então até um dos gates da antiga Bruxelas, e deitei na grama eternamente até recuperar as forças pra fazer o caminho de volta.

                            

St. Goedele/St. Michiels Cathedral

Essa Catedral linda, e bem friazinha dentro - no calor que estava do lado de fora, tudo que eu queria era sombra - tem entrada gratuita. Você com certeza vai passar próximo a ela. Entre.


Dica! Tudo dentro do ring pode ser feito à pé se você tiver disposição. De uma ponta a outra, demora no máximo 45 minutos se você for caminhando bem lentamente, embora há muita coisa pra se passar entre o tempo que você está caminhando, então tudo passa bem rápido.

Tendo conhecido o centro de Bruxelas, as opções que restaram foram fugir de lá e procurar mais coisa interessante pra ver, e não é que eu achei?

Atrações fora do centro de Bruxelas

Compre day tickets com estratégia, pois ele custa 6,50 euros. Assim, não quero ser advogado do diabo, mas tem um estação que não tem fiscalização, quero dizer, não tem roleta, é só entrar no trem e ser feliz. Uma vez que você tá dentro das estações de metrô, conexões não são problema. Eu vi que o fluxo nessa estação é bem maior. É muito sabidinho sem querer pagar a entrada. O nome da estação é Art-Loi eu acho. Mas o que não faltava era gente pulando roleta ou se jogando junto com outra pessoa. No meu segundo dia, deixei ver tudo que não era 'caminhável' de metrô. 

Atomium

Estação: Heysel / Heizel

O Atomium virou minha obra 'moderna' predileta, e as aspas são justificadas porque o monumento é mais antigo do que se imagina. Ele foi construído em 1958 quando ainda acreditavam que a solução energética viria de energia atômica. Você pode entrar nele e fica indo de uma átomo pra outro.

Outro ângulo do Atomium.
Foi nessa ilustre representação de um cristal de ferro que eu resolvi fazer minha guitarrinha.

Clássica.

Basilique de Koekelberg - Basilica of the Sacred Heart - Basilique Nationale du Sacré-Coeur

Estação: Simonis

Essa basílica fica um pouco à esquerda do centro da cidade, mas o parque na frente dela, e a basílica em si valem a pena pela visita.


European Walk

Esse foi o principal motivo de eu ter achado o mapa tão inteligente, ou seja as sugestões de caminhada. Essa daqui foi a única que eu fiz e foi excelente. No caso, eu fiz no sentido contrário, porque era mais fácil voltar pelo hostel quando eu tivesse no H e não no "O". Destaques para o European Parlament e o Parc du Cinquantenaire/ Jubelpark que contém Triomfboog/ Arc de Triomphe. Esses são os pontos altos da caminhada, mas todo o roteiro vale a pena. Todas as informações estão nos links do mapa no começo do post.


Você sabia que Bruxelas era a capital da União Européia? Eu também não. 

Parlamento Europeu
Triomfboog/ Arc de Triomphe


Bruxelas Aleatória

Tinha uma Arara de verdade na janela do quarto do Hostel. Não me perguntem o porquê, e nem era Amsterdã ainda pra vocês me julgarem e dizerem que eu estava drogado, e ainda tem a foto pra comprovar.


Como tem brasileiro em tudo quanto é lugar, não podíamos deixar de ver pelo menos uma bandeirinha do Brasil. Acabou que é um estabelecimento comercial, mas não cheguei a entrar.


Também tem alguns prédios e lugares aleatórios mas que você só vai ver andando pela cidade mesmo.



Prédio cheio de referências musicais
No que Bruxelas se diferencia das outras cidades do mundo?

Nem sempre é fácil responder esse tipo de pergunta dependendo da cidade que você está, mas Bruxelas deixa esse trabalho muito fácil. A resposta é Quadrinhos. Certo dia, notaram que a cidade estava muito lotada de painéis de propaganda e coisa do tipo e decidiram arrancar isso tudo e 'despoluir' visualmente, só que ficaram muitas paredes brancas e vazias ao longo da cidade, e eles resolveram encher tudo de quadrinhos para a alegria de todos. Então, ao caminhar no centro você não precisa ter tanta sorte, só precisa estar atento e olhar em volta pra ver artes como essa. No mapa do Use It tem marcado onde estão as Comic Strip Walls.

Tintin o/
Agora o que eu descobri sozinho é que à noite, nas ruas mais inimagináveis se escondem as verdadeiras maravilhas dos desenhos que são essas projeções que encontrei em duas paredes. É bem forte, significativo e geralmente você para pra tentar entender o significado.



Finalmente chegando ao fim do post, queria só tratar de três situações que ficaram na minha cabeça como: "A Sonâmbula, a Sortuda e a Vadia." Foram três situações engraçadas que me ocorreram em Bruxelas. A primeira é bem óbvia: a sonâmbula. Tinha uma sonâmbula no meu quarto e vira-e-mexe ela começava a conversar sozinha. Quando não era macabro, eu ficava morrendo de vontade de rir. A sortuda foi uma menina do metrô que ganhou um queda minha. lol. Quando eu estava indo sentar na cadeira, o metrô deu partida e eu caí por cima dela, e claro ela deu a maior sorte, afinal não saio caindo em cima de todo mundo. Observadores talvez digam que eu me joguei em cima dela, mas é tudo mentira. A vadia só vai ser engraçado pra vocês, porque pra mim foi revoltante. Eu falei que o pessoal do metrô as vezes pula a catraca e tal né? Só que na estação perto do hostel era bem alto, tinha uns portões, então a vadia estava com o namorado, o qual pulou e foi arranjar um jeito de abrir pra ela. Eu, inocente, passei meu day ticket pra passar pelo portão e adivinha o que aconteceu? A vadia pra eu não chamar de nome pior, passou na minha vez. Eu fiquei muito irado na hora. Adivinha o que eu fiz pra chegar do outro lado? Isso eu deixo na imaginação de vocês. Obs.: Só não chamei ela de santa.

Um aperto de mão à todos que leram até o final e ganharam a oportunidade de me dizer quem é esse senhor que aparentemente é algo importante e eu não conheço. Obrigado.

Quem?
Enfim, é assim que Bruxelas vai te conquistando, nos detalhes. Batata frita e chocolate de um lado, projeções nas paredes de uma ruela do outro, além do Atomium e Basilique, duas propostas de construções totalmente diferentes que completam-se na hora de afirmar a complexidade da capital belga. A bagunça que ficou no aeroporto até chegou na culinária e se traduziu no Waterzooi. Bem, fui só eu ou mais alguém ficou com gostinho de quero mais?

Capa do mapa que eu achei sensacional

Você leitor assíduo se possível me passe um feedback da mudança na postagem, se achou melhor ou pior, se achou que faltou alguma coisa. Obrigado desde já.

Confira outros destinos na seção Já fui.

Gostou da postagem? Curta o ExpressoLondres no facebook aqui.

5 comentários:

  1. O estilo novo de postar ficou legal, sim, bem melhor, na minha opinião (ajuda a planejar futuras trips)

    Seria legal se vc fizesse uma planilha de custos que teve com essa viagem, sabe? total de passagem, total de hostel, total de cmida, coisas assim...

    Quantos dias vc ficou em bruxelas ao todo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Heather. Primeiro, ainda bem que ficou melhor, essa foi a intenção. Segundo, fazer uma planilha de custos geral é complicado, porque cada um tem um estilo de viagem e os gastos são bem relativos, porém estou acabando de fazer o post de 'Como Planejar Viagens' e lá vai ter umas dicas pra saber mais ou menos quanto você vai gastar. Eu fiquei 3 dias inteiros em Bruxelas e fui no embora no 4º dia pela manhã. Abraços.

      Excluir
  2. Oi, sabe dizer se no trecho Londres-Bruxelas Midi (Não falo da all belgium stations) pela eurostar posso pegar qualquer trem para a estacao central de graça?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente não sei como te ajudar nessa questão. Não sei se é algo pendente ainda também. Mas olha, te indico procurar nos fóruns do Trip Advisor. Sempre encontrava coisas desse tipo lá.

      Excluir
  3. To indo.agora essa.semana
    O.blog deu uma clareada nas ideias. Obrigado!

    ResponderExcluir